Sistema de Resfriamento Evaporativo: uma solução sustentável

No mercado de HVAC, sistemas de climatização / resfriamento que sejam sustentáveis, considerando o menor impacto ao meio ambiente e economicamente viáveis, têm ganho cada vez mais espaço e despertado interesse, desafiando projetistas e instaladoras a buscarem soluções eficientes e com custo-benefício atrativo. Os clientes, cada vez mais cientes do impacto das suas operações, assim como as certificações de edificações, também estimulam o mercado a caminhar nessa direção.

Para o setor de HVAC, múltiplas soluções têm sido desenvolvidas. Destaca-se entre elas o Resfriamento Evaporativo (ou Adiabático), o qual foi desenvolvido em 1950 e que desde então tem sido cada vez mais considerado e utilizado. Inicialmente, através do uso de equipamentos mais simples, chamados lavadores de ar e posteriormente evoluindo para o uso de painéis úmidos, a eficiência deste tipo de sistema tem-se aumentado com o tempo.

Considerando o Resfriamento Evaporativo Direto, o ar externo é captado pelo equipamento Evaporativo, forçando a passagem do ar por um ventilador. A troca de calor entre Ar x Água que inicialmente ocorria de forma simples, passando o ar por uma “cortina” de água, evoluiu para painéis evaporativos que aumentam a área de troca e consequentemente a eficiência do sistema.

A Munters, empresa referência sistemas deste tipo e Associate Member SMACNA Brasil, tem investido em tecnologias relacionadas e na divulgação de informações. Alguns dos modelos de referência da empresa que aplicam essa tecnologia são o CELdek e GLASdek.


Através do contato do ar com o painel evaporativo úmido, uma parte da água é evaporada, reduzindo a temperatura do ar, ao mesmo tempo que aumenta sua umidade. Assim, o resfriamento e a umidificação do ar ocorrem devido à evaporação da água. É importante considerar que quanto menor a umidade do ar externo de entrada no sistema, maior a eficiência desta solução para resfriamento.

Este sistema pode alcançar entre 30% e 50% de eficiência em resfriamento do ar. Já há no mercado soluções específicas que oferecem maior eficiência de resfriamento, podendo alcançar até 95% de eficiência, assim, a temperatura do ar na saída do painel será muito próxima a temperatura de bulbo úmido do local.

O Resfriamento Evaporativo tem como principais vantagens o baixo consumo de energia, os custos de instalação e operação mais econômicos do que um sistema de climatização tradicional e a facilidade da manutenção. Além disso, a Pandemia do Covid-19 destacou a importância da Renovação de Ar e este é um sistema que opera com 100% de renovação de ar (ar externo), sendo adequado também para espaços com ocupação humana.

Sistemas deste tipo já são largamente utilizados em estufas para produção de mudas e flores, na produção de proteínas (frangos e suínos) e ordenha de gado leiteiro, mas outros setores já se beneficiam também desta tecnologia, dependendo das condições ambientais e cargas internas e externas, entre eles indústrias, lojas de departamento, academias e até mesmo datacenters.

É importante destacar que há cuidados a serem observados por operar com conceitos distintos de um sistema convencional de climatização:

  • A temperatura de insuflação irá variar em função da umidade relativa do ar externo, portanto não é possível controlar a temperatura interna com a precisão do sistema convencional;

  • O sistema não pode ser utilizado conjuntamente a um sistema de climatização convencional (ar condicionado), nem tão pouco para pré-resfriar o ar externo;

  • Não é verdade que o sistema invariavelmente ultrapassará os limites recomendados da umidade relativa, ao dimensionar corretamente a vazão do sistema em função da carga de sensível interna, a umidade relativa irá se estabilizar em pontos inferiores a 65%, portanto, de acordo com as recomendações de conforto;

  • Também há estratégias de controle, como a modulação de umidificação dos painéis evaporativos que podem estabelecer limites no controle da umidade relativa;

  • O consumo de energia deste tipo de sistema pode ser de 10% de um sistema de ar condicionado convencional.

Como todo sistema de climatização, um projeto feito por profissional especializado e instalado por empresa capacitada são chave para o sucesso do investimento. A SMACNA possui profissionais e empresas qualificadas para este tipo de instalação e que contam com o apoio da Munters.

Autores: Ariel Gandelman e Danilo Santos

Revisão Técnica: Felipe Raats Daud e João Carlos Correa

91 visualizações

© 2022 SMACNA Brasil. Criado por Omelete Inteligência.

  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - Grey Circle
  • LinkedIn - Grey Circle
smacna-azul-certo-fundo.png